Prótese de panturrilhas para harmonização das pernas


A panturrilha possui uma importância grande para a estética das pernas e da harmonia do corpo como um todo. Homens e mulheres buscam a cirurgia por diferentes motivos, geralmente quando a malhação e dieta balanceada não  proporcionam os resultados esperados.

Mesmo com o estímulo físico muscular, para algumas pessoas acaba sendo muito difícil fazer as panturrilhas crescerem. Muitas vezes com exercícios, alcançam a hipertrofia na região das coxas porém sem a companhia das panturrilhas. As características individuais ou de genética, são responsáveis pelo volume dessa região. Por isso, a inserção de próteses de silicone na panturrilha, acaba sendo um procedimento procurado por aqueles que desejam ter as pernas tonificadas e simétricas. O tratamento da deficiência de volume, seja ela estética ou causada por algum outro fator, como traumas ou poliomielite, é relativamente simples e seguro, por isso vem atraindo um grande número de adeptos. Seu principal objetivo é o aumento do volume, com melhora do formato e da proporção entre as coxas e as pernas.

Veja mais informações neste vídeo

Como é feita a cirurgia:

O procedimento cirúrgico para a colocação do implante é realizado sob anestesia peridural ou geral e o paciente fica apenas um dia no hospital. Isso por que é feita uma pequena incisão atrás dos joelhos e a cicatriz fica praticamente imperceptível. As próteses, que ficam acomodadas sobre do músculo e sob uma capa fibrosa que reveste os músculos da perna, não são notadas nem mesmo ao toque do paciente e não causam varizes ou problemas circulatórios.

É possível realizar este procedimento a partir dos 18 anos e como toda cirurgia, deixa uma pequena cicatriz na prega da pele atrás do joelho.

Recuperação e cuidados pós-operatórios:

A recuperação não é dolorosa, sendo possível controlar as pequenas dores nas primeiras 48 horas com o uso de analgésicos e anti-inflamatórios. Recomendamos andar com salto baixo na primeira semana, alternando com uso esporádico de tênis esportivo. Não é recomendado subir escadas, rampas e dirigir por 1 mês. Se precisar subir escadas, subir de lado e nas rampas, subir de costas. O ideal é esperar sete dias para retomar as atividades comuns do dia-a-dia, evitando andar muito nas duas primeiras semanas. Retomar às atividades físicas apenas depois de dois meses da inserção da prótese de panturrilha. Por ser um procedimento simples, é possível associar com outros procedimentos, como lipoaspiração, prótese de mama, mamoplastia, entre outros.

Em 2014, eu prestei uma assessoria sobre este assunto ao portal TERRA. Dê uma conferida no artigo aqui.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *